terça-feira, 26 de maio de 2020

MATRÍCULAS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO - 2020/2021

Informa-se toda a comunidade escolar que, de acordo com o Decreto-Lei n.º 14- G/2020 de 13 de abril, as matrículas para a Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo (1.º ano) realizam-se no período compreendido entre 4 de maio e 30 de junho de 2020.

Plataforma de Apoio á Educação do Município da Guarda (Transportes, ATL-Almoços, ATL-Tempos livres, subsídios de Estudo…)

sábado, 16 de maio de 2020

Informações

A frequência das aulas presenciais ou à distância dos alunos do ensino Básico e Secundário é obrigatória.

Alerta-se toda a comunidade educativa (alunos, pais e encarregados de educação) para ler com muita atenção o documento: “Orientações gerais relativas aos direitos e deveres dos alunos e ao seu acompanhamento, no âmbito das atividades letivas presenciais e não presenciais”.

O Diretor

António David Gonçalves

Consulte o Anexo: Orientações sobre Direitos e Deveres dos Alunos

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Informação - Aulas Presenciais

Informação - Aulas Presenciais


Informam-se professores, alunos, pais e encarregados de educação que as aulas presenciais do 11º e 12º ano terão lugar na Escola Básica de S. Miguel (12º ano) e Carolina Beatriz Ângelo (11ºano), devido às obras de requalificação na Escola Secundária da Sé.

O Diretor

António David Gonçalves

sábado, 9 de maio de 2020

Corações de maio: cuidamos do teu coração

Na Escola da Sé, a atividade “Corações de maio: cuidamos do teu coração” tem sido, nos últimos anos, uma iniciativa agregadora de um conjunto de estruturas e projetos.

quarta-feira, 6 de maio de 2020

sexta-feira, 1 de maio de 2020

O Dia do Trabalhador

O Dia do Trabalhador, é uma data comemorativa internacional, dedicada aos trabalhadores, celebrada anualmente no dia 1 de maio, em quase todos os países do mundo, sendo feriado em muitos deles.
A homenagem remonta ao dia 1 de maio de 1886, quando uma greve foi iniciada na cidade norte-americana de Chicago, com o objetivo de conquistar condições melhores de trabalho, principalmente a redução da jornada de trabalho diária, que chegava a 17 horas, para oito horas. Nessa manifestação, houve confronto com policiais o que resultou em prisões e mortes de trabalhadores. Seria esta uma manifestação que serviria de inspiração para muitas outras que se seguiria. Essas lutas de trabalhadores não foram em vão. “Os trabalhadores de todo o mundo conquistaram uma série de direitos e, em alguns países, tais direitos ganharam códigos de trabalho e também estão sancionados por Constituições.
No período entre-guerras, a duração máxima da jornada de trabalho foi fixada em oito horas, na maior parte dos países industrializados.
No calendário litúrgico, o dia celebra a memória de São José Operário, o santo padroeiro dos trabalhadores.
Dia do Trabalhador em Portugal
Em Portugal, só a partir de maio de 1974, após a Revolução dos Cravos, é que se voltou a comemorar livremente o Primeiro de Maio, que passou a ser feriado. Durante a ditadura do Estado Novo, a comemoração era reprimida pela polícia.
O Dia Mundial dos Trabalhadores é comemorado em todo o país, com manifestações, comícios e festas de carácter reivindicativo.
                                                   
                                         1974 , o primeiro 1º de maio , Coimbra (Diário de Coimbra)
                                                                        

                                                                          1980, Porto (Jornal Expresso)


A história do muguet, a flor de Maio e da sorte

Essa florzinha singela e perfumada tornou-se um símbolo do mês de maio, tempo de primavera na Europa. Contam que os Celtas festejavam o muguet no primeiro dia do mês de maio. Na idade média ela era colhida para festejar as noivas; na França do Renascimento, Charles IX recebeu um galhinho de muguet no primeiro de maio e instituiu o costume de oferecer muguets, nessa data, às damas da corte.
Em seguida, as costureiras, também na França, cultivavam a tradição de oferecer muguets às crianças no dia primeiro de maio, como porte-bonheur (símbolo de boa sorte) costume que foi incorporado pelos trabalhadores, que transformaram a singela flor em símbolo da festa do trabalho.
O muguet é uma planta das regiões temperadas ela cresce nos bosques, em locais protegidos da luz intensa, na Ásia na Europa e nos Estados Unidos e desabrocha no início da primavera. Ele simboliza a entrada da primavera no hemisfério norte.
As flores, que têm a forma de pequenos sinos, também são conhecidas como Lis de la Vallée (lírio do vale); elas exalam um perfume delicioso e são consideradas como símbolos de felicidade e da boa sorte. O Muguet é a flor símbolo da Finlândia. Na França e na Bélgica ele é oferecido aos familiares e aos amigos no dia 1 de Maio, “Dia do Trabalho”, com votos de felicidades e prosperidade, e simboliza também, na França, os 13 anos de casamento, as Bodas de muguet. Também é uma flor muito usada em buquês de noivas (casamento de Kate Middleton com o Príncipe William da Inglaterra, e no casamento de Grace Kelly com o Príncipe Rainier de Mónaco).


(Arteeblog)



quinta-feira, 30 de abril de 2020

Para ti, Sophia- dia 21 de Novembro de 2019, TMG


Em 2019 comemorou-se o centésimo aniversário de Sophia de Mello Breyner Andresen, neste contexto os alunos da Escola Básica de Alfarazes, assistiram, no dia 21 de Novembro, ao teatro “Para ti Sophia “, realizado por Trigo Limpo Teatro Acert, no Teatro Municipal da Guarda.
Este espetáculo teve como fonte de inspiração o livro da autora “A floresta” que faz parte do Plano Nacional de Leitura.
Durante cerca de uma hora, os alunos e professores foram transportados para um mundo fantástico e mágico; como alguns alunos diziam parece que viajámos para um conto de fadas.
Havia apenas três atores que interpretavam várias personagens e em consonância com um cenário maravilhoso de luz e música, davam “vida” e criaram nos espetadores diferentes emoções ao longo do desenrolar do espetáculo.
De uma forma lúdica e divertida, os atores conseguiram cativar os nossos alunos, levando-os no meio de risos e expressões de espanto e de reflexão a identificarem-se e a sonharem com as diferentes personagens. 
Em sala de aula, os alunos realizaram alguns trabalhos de desenho e textos alusivos ao teatro, assim como a leitura e exploração do livro “A Floresta”, da escritora homenageada.
Gostaram muito do teatro e provavelmente na cabeça de alguns dos nossos alunos ficou retida a mensagem “…As coisas extraordinárias e as coisas fantásticas também são verdadeiras…”



quinta-feira, 23 de abril de 2020

Dia Mundial do Livro


Caça

Por que é importante ler? Pergunta recorrente em qualquer encontro de escritores com estudantes. E acabamos desfiando um rosário de respostas prontas, um blá blá blá repetitivo, apesar de necessário. Mas hoje vou dar um exemplo prático. Estava lendo uma revista - nem era um livro - quando me deparei com uma entrevista feita com o chef Philippe Legendre, estrela da gastronomia francesa de quem nunca provei um ovo frito. Ignorante sobre quem era , li. Lá pelas tantas, o repórter: "É verdade que o senhor adora caçar?" O chef: "Eu caço o silêncio. Atiro no barulho."

Bum!

Perdizes, faisões, coelhos, sei lá o quê o tal homem caça todo final de semana - e nem me interessa. O importante foi o impacto causado por aquelas duas frasezinhas curtas que pareciam um poema e que empurraram meu pensamento para além daquelas páginas, me puseram a pensar sobre minhas próprias perseguições. Caço o silêncio. Atiro no barulho. Eu idem, monsieur.

Eu caço o sossego. Atiro na tevê.

Eu caço afeto. Atiro em gente rude.

Eu caço liberdade. Atiro na patrulha.

Eu caço amigos. Atiro em fantasmas.

Eu caço o amanhã. Atiro no ontem.

Eu caço prazeres. Atiro no tédio.

Eu caço o sono. Atiro no sol.

E quando caço o sol, atiro em relógios. Acho que é isto que a leitura faz.  Solta-nos na floresta com uma arma na mão.  Dá-nos munição para atirar em tudo o que nos distrai de nós mesmos, no que nos desconcentra. O livro não permite que fiquemos sem nos escutar. A leitura faz-me mirar em mim e acertar no que eu nem sabia que também sentia e pensava. E, por outro lado,  ajuda-me a matar tudo o que pode haver em mim de limitante: preconceitos, idéias fixas, hipocrisias, solenidades, dores cultuadas.

Lendo, eu caço a mim e atiro em mim.

Martha Medeiros




quarta-feira, 22 de abril de 2020

"Cyberbullying e Segurança Online - Recomendações para jovens"

Quando falamos em Cyberbullying e Segurança Online, é fundamental deixarmos algumas recomendações para os mais jovens, principalmente em tempo de Covid-19.

Deixo-vos um documento elaborado com a colaboração de um grupo de trabalho da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP):

 "Cyberbullying e Segurança Online - Recomendações para jovens".



Guia de Orientações Práticas Para Agentes Educativos: Heróis ( Sobretudo) em Tempo de Covid-19

Em tempo de Covid-19, deixo-vos uma partilha da Dra. Vânia Lopes Linhares, psicóloga e membro do grupo AjudAjudar.



Este guia foi feito a pensar nos agentes educativos, pais/cuidadores e educadores/professores, e apresenta um conjunto de estratégias e de orientações práticas que poderão ser úteis nestes tempos em que tentamos gerir as consequências desencadeadas pela pandemia COVID-19.
Na verdade, este guia pretende ser um contributo de recursos e de materiais que foram sendo construídos por diferentes profissionais, pensando em tempos de COVID-19, e partilhados com a comunidade, num espírito de entreajuda e de cooperação comunitária!
Mais informações em AjudAjudar:  
https://www.facebook.com/groups/2706838326213084/

sexta-feira, 17 de abril de 2020

MATRÍCULAS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO - 2020/2021

MATRÍCULAS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO - 2020/2021

Informa-se toda a comunidade escolar que, de acordo com o Decreto-Lei n.º 14- G/2020 de 13 de abril, as matrículas para a Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo (1.º ano) realizam-se no período compreendido entre 4 de maio e 30 de junho de 2020.

quinta-feira, 16 de abril de 2020

SPO - Serviço de Psicologia e Orientação

O SPO (Serviço de Psicologia e Orientação) desafiando aquilo que é o nosso trabalho tradicional, vimos transmitir a nossa disponibilidade de serviços junto da comunidade escolar, de uma outra forma, à distância.

Numa altura em que cada um de nós é desafiado a procurar recursos emocionais e psicológicos para lidar da melhor forma possível com a situação que vivemos, parece-nos fundamental a possibilidade de contribuirmos, enquanto profissionais de saúde mental, para que tal seja possível.

quinta-feira, 2 de abril de 2020

Torneio de Xadrez do Desporto Escolar




Estava prevista para dia 4 de março a realização do último torneio de Xadrez no âmbito do Desporto Escolar, no entanto este foi adiado para dia 26 de março e acabou por não se realizar, por causa da suspensão das aulas pelo motivo que todos conhecem.

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Informação para Pais/EE e alunos - Consulta de Avaliações do 2.º Período



  • Informam-se todos os Pais/EE e alunos do Agrupamento de Escolas da Sé, Guarda, que as avaliações referentes ao 2.º Período estarão disponíveis no GIAE Online, a partir da tarde do dia 3 de abril.
  • Para aceder ao GIAE devem utilizar, preferencialmente um computador e os navegadores da Web, Mozilla Firefox ou Google Chrome ou Microsoft Edge.
  • Caso não disponham das credenciais de acesso, devem formalizar aos serviços administrativos do Agrupamento, através do email: alunos@aese.edu.pt , indicando:
    • nome completo do aluno;
    • número de cartão de cidadão e de contribuinte;
    • escola que frequenta;
    • ano e turma.
  • Os códigos serão enviados em resposta ao email que fez o pedido.

sexta-feira, 20 de março de 2020

Março, 2020

"Isso foi em março de 2020...
As ruas estavam vazias, lojas fechadas, as pessoas não podiam sair.
Mas a primavera não sabia, e as flores começaram a florescer, o sol brilhava, os pássaros cantavam, as andorinhas iam chegar em breve, o céu estava azul, a manhã chegava mais cedo.
Isso foi em março de 2020...
Os jovens tinham que estudar online e encontrar ocupações em casa, as pessoas não podiam fazer compras nem ir ao cabeleireiro. Em breve não haveria mais espaço nos hospitais, e as pessoas continuavam ficando doentes.
Mas a primavera não sabia. A hora de ir ao jardim estava chegando, a relva ficava verde.
Isso foi em março de 2020...
As pessoas foram colocadas em contenção, para proteger avós, famílias e crianças. Chega de reuniões, nem refeições, festas com a família. O medo se tornou real e os dias eram parecidos.
Mas a primavera não sabia, as macieiras, cerejeiras e outras floresceram, as folhas cresceram.
As pessoas começaram a ler, a brincar com a família, cantando na varanda convidando os vizinhos a fazerem o mesmo, aprenderam uma nova língua, a serem solidários e se concentraram em outros valores.
As pessoas perceberam a importância da saúde, o sofrimento, deste mundo que parou, da economia que caiu.
Mas a primavera não sabia. As flores deixaram seu lugar para a fruta, os pássaros fizeram o ninho, as andorinhas chegaram.

Então o dia da libertação chegou, as pessoas souberam pela TV que o vírus tinha perdido a batalha, as pessoas saiam para a rua, cantavam, choravam, beijando seus vizinhos, sem máscaras nem luvas.

E foi aí que o verão chegou, porque a primavera não sabia. Ela continuou lá apesar de tudo, apesar do vírus, do medo e da morte. Porque a primavera não sabia, ela ensinou as pessoas o poder da vida.

Vai ficar tudo bem, fique em casa, proteja-se, e aproveite a vida."



terça-feira, 17 de março de 2020

Novo Site Da DGE De Apoio Às Escolas


Num momento em que as escolas portuguesas se encontram com as atividades presenciais suspensas, a Direção-Geral da Educação (DGE), em colaboração com a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), construiu um sítio online (http://apoioescolas.dge.mec.pt), com um conjunto de recursos para apoiar as escolas na utilização de metodologias de ensino a distância que lhes permitam dar continuidade aos processos de ensino e aprendizagem.
Este apoio deverá permitir a todas as crianças e jovens:
– manter contacto regular com os seus professores e colegas;
– consolidar as aprendizagens já adquiridas;
– desenvolver novas aprendizagens.

sábado, 14 de março de 2020

Contacto AESE - Informação COVID19

O ME prevê que os Agrupamentos assegurem aos pais “um meio de contacto para sinalizar situações de suspeição ou contágio que decorram após o início da suspensão. Desta forma, poderá manter-se a identificação de cadeias de contágio.”.
Deste modo, publicitamos o endereço: covid19@aese.edu.pt, que poderá e deverá ser utilizado na comunicação destas situações ao Agrupamento. Agradecemos a colaboração de todos para que rapidamente consigamos agilizar a informação pertinente às entidades responsáveis.

sexta-feira, 13 de março de 2020

Informações ME - COVID 19

Consulte as informações emanadas pelo Ministério da Educação a respeito da suspensão das atividades letivas.

segunda-feira, 9 de março de 2020

PLANO DE CONTINGÊNCIA - COVID-19


PLANO DE CONTINGÊNCIA

COVID-19

Alunos promotores de Saúde - Afetos

 

A equipa do Programa de Educação Sexual do agrupamento dedicou o mês de fevereiro aos “Afetos”. 

Sensibilização Sobre o Bullying







 


No passado mês de fevereiro, os agentes da Escola Segura deslocaram-se à Escola Básica da Sequeira com o objetivo de sensibilizar os alunos o terrível monstro o BULLYING que atormenta diariamente crianças, jovens e adolescentes.